tags

2010

acetato

aerosoles

alive

alves/gonçalves

ana salazar

anabela baldaque

andreia filipa oliveira

andreia lobato

armindo teixeira

atelier do sapato

bárbara silva

brand^up

ca joias

calendário de desfiles

carlos gil

casting

celsus

celtic jeans

chocolate negro

cohibas

colecções

colectivo calçado

colectivo indústria

colectivos

comunidade

concreto

coxx

coxx borba

cristina miguel

de gier

dielmar

diogo miranda

dkode

domingo

eject

eject shoes

elizabeth teixeira

eugenio campos

fashion week2

fátima lopes

fatima lopes

fátima lopes homem

felipe oliveira baptista

felmini

fernando lopes

figuras públicas

filipe trindade

fly london

gaia

goldmud

hermar

id values

jordann santos

josé reis design

jotex

jovens criadores

julio torcato

júlio torcato

katty xiomara

leuna

lion of porches

louis de gama

luís buchinho

luís onofre

luis onofre

marco mesquita

marco sousa santos

miguel vieira

nobrand

odete barreiro

orfama

orfama antónio cunha

orfama by antónio cunha

outono/inverno 2010/2011

passatempo

paula borges

paula borges by lúcia borges

pedro pinto

pedro waterland

portugal fashion

press release

programa

red oak

rita bonaparte

sábado

segunda-feira

sexta-feira

silvia rebatto

sofia de almeida

sonia pratas

stiletto

story tailors

storytailors

storytailors narkë

tany calapez

tenente jeans

verão 2008

x & y couture

yes

todas as tags

Segunda-feira, 5 de Março de 2007
Indústria aposta nas figuras públicas
A noite de domingo terminou com um desfile colectivo dedicado à indústria têxtil. Com a casa a abarrotar o público do CACE teve oportunidade de ver desfilar na passarelle algumas das figuras públicas do ‘jet set’ nacional. Maia, Zé Manel, o vocalista dos Fingertips, Cinha Jardim e as suas duas filhas, ou ainda Mercher Romero foram alguns dos nomes que abrilhantaram o desfile.
 
Uma forma de garantir publicidade aos criadores e mais concretamente às marcas presentes, mas também de identificar a roupa com o público em geral. iD Values; Acetato, por Carlos Paulino e Filomena Machado; Tom Maso, por Eduardo Cabral; Hermar, por Sofia de Almeida; Concreto, por Helder Baptista; Paula Borges por Lúcia Borges e X&Y Couture por Luís T.
 
No final do desfile os comentários sobre as presenças de Cinha e filhas, Merche Romero e Maya serviram de base para os comentários de alguns dos jornalistas estrangeiros que se encontram a cobrir o evento.
A curiosidade sobre quem seriam os modelos improvisados gerou todo o tipo de comentários.
 
Merche Romero, já nos bastidores, sentiu-se bastante contente pela participação no Portugal Fashion. Uma estreia que serviu apenas como uma "forma de apoiar a moda portuguesa", afirmou.
 
publicado por Equipa SAPO às 00:42
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Rui Santos a 5 de Março de 2007 às 01:07
Ridiculo apostar em figuras públicas em desfiles, ainda para mais quando são desfiles que procuram dar projecção da moda Portuguesa lá fora, devem apostar em manequins novos e com talento isso sim é inovar e desenvolver uma industria que não se limita só e apenas a roupa e acessórios.
Contudo, ainda penso que dos dois grandes enventos de moda em Portugal o Portugal Fashion esta bem melhor que a Moda Lisboa, que em quanto andar com Pessoas como o Paulo Gomes a viciar o esquema todo da selecção de manequins e de outras "coisas" nunca vai andar para a frente, apenas deixo aqui uma pergunta para esse Sr., Porquê que não escolhe alguns dos manequins da Face Models para a Moda Lisboa, que só por acaso são dos melhores que este País tem ?
De Luis Graça a 5 de Março de 2007 às 17:44
Gostei de ler este comentário. Não tanto pelos castings mas pelas figuras públicas que retiram um pouco da atenção necessária. Por exemplo, gostei da "inovação" dos dançarinos, no entanto, a performance devia ser no início e no fim para não retirar a tal atenção que a colecção dispensa. Gosto de ver moda, a minha esposa é modelista de uma das empresas que apresentaram colecções ontem (Paula Borges) e é óptimo ter eventos destes a Norte. Acho, porém, que estaria na altura de inovar ainda mais um pouco. Acho que o espaço poderia estar recheado de exposições/eventos, sejam eles, sobre a história da moda, ou de outra vertente. Animar um pouco a espera pois continuamos a ter que esperar n tempo para nos sentarmos e vermos o desfile(isto já não devia acontecer). No entanto, há que dar os parabéns à Organização e estes reparos mais não são do que críticas construtivas. Faz para o ano 20 anos que iniciei um projecto denominado Movimentos Moda, ali no Parque Itália e lembro-me como já na altura não era nada fácil promover estes eventos (na altura com as escolas de moda do Porto). Quanto aos manequins, agora há muito mais oferta do que no "meu tempo" (na altura n ão o era). Lembro-me de exemplos como o Alfredo, o Ricardo Carriço, da Ana Luísa, Maria João,Lucília etc. Gostava imenso de os ver. São épocas e tudo tem um tempo. No entanto, não é preciso apenas ser jovem. Acabei de fazer 36 e estou a tentar melhorar forma e quem sabe se n ão estarei lá um dia destes, apesar de tudo ter o seu tempo.

Abraços
Luís Graça
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Gostei de ler este comentário. Não tanto pelos castings mas pelas figuras públicas que retiram um pouco da atenção necessária. Por exemplo, gostei da "inovação" dos dançarinos, no entanto, a performance devia ser no início e no fim para não retirar a tal atenção que a colecção dispensa. Gosto de ver moda, a minha esposa é modelista de uma das empresas que apresentaram colecções ontem (Paula Borges) e é óptimo ter eventos destes a Norte. Acho, porém, que estaria na altura de inovar ainda mais um pouco. Acho que o espaço poderia estar recheado de exposições/eventos, sejam eles, sobre a história da moda, ou de outra vertente. Animar um pouco a espera pois continuamos a ter que esperar n tempo para nos sentarmos e vermos o desfile(isto já não devia acontecer). No entanto, há que dar os parabéns à Organização e estes reparos mais não são do que críticas construtivas. Faz para o ano 20 anos que iniciei um projecto denominado Movimentos Moda, ali no Parque Itália e lembro-me como já na altura não era nada fácil promover estes eventos (na altura com as escolas de moda do Porto). Quanto aos manequins, agora há muito mais oferta do que no "meu tempo" (na altura n ão o era). Lembro-me de exemplos como o Alfredo, o Ricardo Carriço, da Ana Luísa, Maria João,Lucília etc. Gostava imenso de os ver. São épocas e tudo tem um tempo. No entanto, não é preciso apenas ser jovem. Acabei de fazer 36 e estou a tentar melhorar forma e quem sabe se n ão estarei lá um dia destes, apesar de tudo ter o seu tempo. <BR><BR>Abraços <BR>Luís Graça <BR class=incorrect <a name="incorrect">King_leer@sapo.pt</A>
De Anónimo a 31 de Março de 2007 às 00:28
Boa noite,

A aposta em figuras públicas por partes das marcas de Indústria baseia-se não no facto de pretenderem mediatismo mas sim uma tentativa de cativar a Imprensa nacional que se alimenta apenas de fofocas e contos e ditos. Em relação à imprensa internacional esta abstrai-se das figuras públicas e concentra-se apenas no que realmente importa: a colecção em si...
É lamentável as marcas não conseguirem apoio algum da imprensa nacional, e o mais lamentável é ainda o facto de fazer capas de revistas as ditas fofocas e não o que de novo os nossos criadores e/ou marcas fazem pela economia do nosso país... A imprensa internacional "devora" tudo o que seja informação sobre as marcas e fazem críticas muito positivas em relação ao trabalho dos nossos criadores. Queiram por isso criticar a ausência de jornalistas de moda em portugal, de revistas de moda com delegações nacionais mas que apenas falam do que é estrangeiro....ISSO SIM DEVE SER CRITICADO !!!!!

POR ISSO NÃO JULGUEM AS MARCAS POR APENAS TENTAR SOBREVIVER NO MERCADO ONDE ACTUAM...

PARABÉNS À INDÚSTRIA E O NOSSO OBRIGADO A TODOS OS JORNALISTAS ESTRANGEIROS QUE MOSTRARAM MAIS UMA VEZ QUE PORTUGAL PODE FAZER MODA----

QUANDO AS MARCAS FOREM CONHECIDAS ALÉM FRONTEIRAS...JÁ TEREMOS OS JORNALISTAS NACIONAIS A COBRIREM TODOS OS PASSOS DADOS....

MAIS UMA VEZ TEMOS QUE SAIR DO PAIS PARA SER ACEITES ....

Comentar post

posts recentes

BUCHINHO COMEMORA 20 ANOS...

ANA SALAZAR QUESTIONA VAL...

REGRESSOS ACENTUAM MODA D...

MODA NACIONAL“RE-MIXED”

Chocolate Negro - OUTONO/...

Diogo Miranda - OUTONO/IN...

Dielmar - OUTONO/INVERNO ...

Concreto - OUTONO/INVERNO...

Hugo Veiga - Jovens Criad...

Goldmud - OUTONO/INVERNO ...

Fly London - OUTONO/INVER...

Fernando Lopes - Jovens C...

Felipe Oliveira Baptista ...

Fátima Lopes OUTONO/INVER...

Elisabeth Teixeira - OUT...

DKODE - OUTONO/INVERNO 20...

[António Cunha] Orfama - ...

Nobrand - OUTONO/INVERNO ...

Luís Onofre - OUTONO/INVE...

Luís Buchinho - OUTONO/IN...

Luciana Teixeira | Jovens...

Lion of Porches - OUTONO/...

Júlio Torcato - OUTONO/IN...

Stiletto - OUTONO/INVERNO...

iD VALUES - OUTONO/INVERN...

Red Oak - OUTONO/INVERNO ...

Y.E.S. - OUTONO/INVERNO 2...

Storytailors - OUTONO/INV...

Celtic Jeans - OUTONO/INV...

Carlos Gil - OUTONO/INVER...

arquivos

Março 2010

Outubro 2009

Março 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Março 2008

Outubro 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Pub